Ao trabalhar com dados, a Lei define 10 princípios básicos que irão nortear todo o nosso tratamento. Conheça melhor cada um deles:

  1. Finalidade: deixar claro aos usuários qual é o propósito de usar seus dados.
  2. Adequação: coletar e utilizar os dados para a finalidade informada.
  3. Necessidade: usar apenas os dados necessários à finalidade pretendida.
  4. Livre acesso: providenciar que as informações que detém sobre o contato estejam de fácil acesso e compreensão, dando a ele a opção de consultá-las quando e se achar necessário.
  5. Qualidade dos dados: dar ao titular o poder de gerenciar as informações pessoais dele que estão com você.
  6. Transparência: garantir ao titular informações claras e acessíveis sobre o tratamento de seus dados e os responsáveis por isso.
  7. Segurança: aplicar medidas técnicas e administrativas que visem minimizar situações acidentais ou ilícitas com os dados que detiver.
  8. Prevenção: investir em medidas de proteção aos dados para evitar danos ao direito do titular e aos demais envolvidos.
  9. Não discriminação: não usar os dados coletados para fins ilícitos ou abusivos.
  10. Responsabilização: demonstrar ao titular de dados a eficácia das suas estratégias de adequação à LGPD.

O que você achou deste artigo?

5 / 5. 1

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?